terça-feira, 22 de setembro de 2009

Resposta à pergunta que nunca fizeste

Porque os meus olhos brilham mais desde o dia em que chegaste à minha vida,

Porque nos meus lábios há lugar apenas os sorrisos e beijos que neles pões,

Porque foste a luz no fim do escuro túnel em que se encontrava a minha alma,

Porque a primeira vez que fomos ao cinema choraste o filme todo,

Porque és a alegria encarnada num corpo de mulher e me contagias de ti a cada dia,

Porque sonhas em fazer de mim uma pessoa melhor mesmo sabendo que será uma tarefa difícil,

Porque desejas permanecer do meu lado a vida toda e envelhecer comigo,

Porque gostaste de mim de graça e me quiseste antes mesmo de eu perceber,

Porque tens o som dos anjos na garganta e és simplesmente incrível no violão,

Porque gostas das mesmas coisas que eu gosto e de outras tantas que eu não,

Porque és trabalhadora e amas o que fazes com uma paixão de adolescente,

Porque tens o sorriso mais lindo mesmo com os teus dentinhos tortos que ninguém vê,

Porque me fizeste o pedido de namoro mais simples e mais sincero que já vi na vida,

Porque mesmo na loucura cansativa que é a tua vida achas sempre tempo para mim,

Porque és a amante perfeita e porque nunca senti tanto prazer com alguém,

Porque tudo consegues com esse teu jeitinho de libriana diplomática,

Porque me seduzes e me encantas a cada dia de um jeito diferente,

Porque me ofereceste a tua casa e tua família antes mesmo de saber se eu não era uma psicopata,

Porque és bela por dentro, por fora e desde todas as perspectivas em que já olhei,

Porque desfrutas os prazeres simples da vida como um bom copo de cachaça,

Porque tens a boca mais suja do universo e mesmo assim consegues ser a criatura mais charmosa,

Porque depois de imaginar o resto da minha vida contigo não consigo imaginá-la com mais ninguém,

Porque se eu continuar enumerando os motivos para te amar não haverá papel suficiente na minha casa para terminar a lista...

3 comentários:

Angela disse...

Você me fez chorar mais do que aquele primeiro dia em que fomos ao cinema e chorei durante todo o filme..... me fez chorar mais que depois de te ver embarcar prá bem longe de mim fiquei sem saber prá onde ir, mesmo sabendo que tinha que ir à algum lugar sem você.... Te amo! Nem quero pensar em como seria a vida sem você.....

~~Angel~~ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
~~Angel~~ disse...

Nossa, você chorou mais do que no cinema? Poxa, amor! assim vai ficar desidratada! Te amo muitão, minha vida, os motivos são intermináveis. Você é meu vinho, meu vício, meu bálsamo benigno, meu signo, meu guru, Porto seguro... meu grande e único amor. Obrigada por você ter entrado na minha vida!